Ir para o site

Sobre ser mulher

Meu Deus, como é bom ser mulher e sentir tudo isso.

Ontem, dia 21/01, pude ver, com muitos arrepios no corpo, as irmãs que tenho pelo mundo. A “Women’s March”, ou Marcha das Mulheres, reuniu, ao redor do globo, mais de um milhão de mulheres lutando pelos nossos direitos. Pela nossa igualdade, nossa diversidade, nossa inclusão. Me senti no coração de cada uma que marchou, e isso era nítido no meu corpo. A esperança renasce nesses momentos.

E eu poderia escrever linhas sobre o que é ser mulher, mas são tantas as imagens bonitas que prefiro dizer por elas. Se tiver que escolher alguma definição para o “ser mulher”, eu escolheria:

– Se reconhecer na outra e pela outra.

womensmarch

Por mais Hermiones no mundo.

E veja bem que loucura é ver isso acontecer com aquelas que a gente admira, né? Madonna, Alicia Keys, Helen Mirren, Charlize Theron, Scarlet Johansson, Laura Prepon, Katy Perry, Lauren Jauregui, Camila Cabello (é claro que eu citaria 5H em algum momento), Cher, Yoko Ono, Whoopi Goldberg. E sentir que a gente luta junto, do mesmo lado, independentemente de classe (econômica, social, de gênero, de sexualidade). Um sentimento gostoso, de união, de sororidade.

aliciawomensmarch

Alicia Keys, que mulher!

De alguma forma, nós daqui, elas de lá, nos conectamos pela delícia de sermos o que somos. Por aqui, a Pitty (maravilhosa, né mores, que mulher!), a Elza e todas nós que participamos do movimento pelas mulheres (não só na música) estamos na luta.

womensmarcj

“O poder do povo é maior que o povo no poder”. Nunca se esqueçam: o caminho é juntos.

Na América do Sul, como bem lembrou algumas amigas, tivemos a primavera feminista recentemente. Começamos nossa passagem pela porta que nos foi aberta há algum tempo e não pararemos. Não mais. A mulher não vai voltar para a cozinha, a não ser que queira. Não vai ficar em casa, a não ser que queira. Não vai esconder seu corpo, a não ser que queira.

Meu Deus, como é bom ser mulher e sentir tudo isso.

Como bem cravou Deh Mussulini, minha querida companheira de Coletivo Mulheres Criando, “a revolução virá pelo ventre”.

#WomensMarch #Marchadasmulheres #HumanRights #DireitosHumanos #Direitodasmulheres #WomensRight

Arabesco

Faça o download do EP "Flávia Ellen" e do single "Filme de Amor"!
Download