Ir para o site

Diário de gravação #3 – 10 anos em 10 músicas

10 anos em 10 músicas é minha capacidade de ser objetiva na vida.

Existem muitas dificuldades no processo de criação de um novo disco. Mas, para mim, uma das maiores foi escolher as músicas que integrariam esse novo trabalho. Com a ideia de um conceito na cabeça, eu precisava separar algumas composições que poderiam fazer sentido juntas e que pudessem ser uma unidade musical.

Já existiam músicas que vinham sendo trabalhadas no show e que eu não abria mão. Ao mesmo tempo, eu olhei para algumas composições mais antigas e vi como eu ficaria inquieta se elas não integrassem algum trabalho meu. Mas, na minha cabeça, essa mistura poderia não fazer qualquer sentido.

Felizmente, quando optei por ter ao meu lado um produtor musical extremamente criativo para o disco (de quem falarei em breve), pensei que isso seria um problema dele, não meu. Então meu único trabalho foi separar 15 músicas para escolher 10. Inicialmente, eram 13, porque eu sou Galo, graças às deusas. Mas o Galo não me dá dinheiro, então por motivos financeiros 10 me pareceu suficiente.

Quando enviei ao querido produtor as músicas, conversamos muito e escolhemos aquelas que poderiam criar um conceito legal, que nos dão diversas possibilidades. Em algum momento, é verdade, pensei em incluir uma música de uma amiga da cena de BH, Nath Rodrigues. “Deságuo” é uma música muito poderosa e que significa muito para mim. Porém, quando eu menos esperava, compus a música que foi a 10ª do disco e que dará nome a ele. Uma música com tanta força quanto “Deságuo”.

A música que fecha um ciclo de 10 anos da minha vida, já que a música mais antiga do novo trabalho é de 2008.

Então é isso: 10 anos em 10 músicas.

E há quem duvide da minha capacidade de ser objetiva. =)

Arabesco

Faça o download do EP "Flávia Ellen" e do single "Filme de Amor"!
Download